domingo, 22 de dezembro de 2013

Conserto de um TK-85

Há alguns dias eu vi no Mercado Livre 2 TKs-85 anunciados pelo vendedor como "Para Aproveitar Peças".  A julgar pelas fotos, os equipamentos estavam bonitos, apesar de faltarem alguns componentes na placa. Resolvi então encarar o desafio de tentar consertá-los e fiz a compra.


Quando os equipamentos chegaram eu fiquei bem animado, pois estavam num estado de conservação melhor do que eu imaginava. Tanto o gabinete quanto as placas.

Hoje eu consegui consertar um deles. Deu bastante trabalho, mas valeu a pena!

O primeiro passo foi uma inspeção visual.A placa estava em bom estado. Eu precisei somente retirar o excesso de solda proximo aos conectores do teclado e fazer um 'jumper' de fio para reparar uma ilha que tinha se soltado.




O segundo passo foi checar as tensões de alimentação. Eu liguei uma fonte de 9Volts no TK e medi a tensão saída do 7805, que estava normal, por volta dos 5.04Volts.
O próximo passo foi checar se esta tensão chegava em todos os CIs. Novamente tudo OK.

Como as memórias estão faltando, consultei o diagrama para ver se se tratava da versão de 16 ou de 48K. Era o de 16K. Medi então as tensões que alimentam as memórias. O V+ estava em 8.5Volts e o V- estava em -4,84Volts.


Resolvi instalar então o Z80 e 8 memórias 4116 que tinha guardados em algum canto por aqui. Com cuidado chequei com o diagrama e em outras fotos a correta orientação dos CIs, uma vez que tanto o soquete do Z80 quanto os soquetes de metade das DRAMS estavam montados (de fábrica, creio eu) de cabeça pra baixo.


Uma característica deste TK-85, pelo jeito também de fábrica é que em vez da ROM  original (de 8K) foram utilizadas duas EPROMs 2732 (de 4K), num arranjo onde a linha A11 é utilizada para selecionar alternadamente uma das memórias, e a linha A12 faz o papel de Chip Select para ambas.


Voltando ao reparo, com os CI's intalados, é hora de ligar o micro, que deu sinal de vida, porém não estava normal. A imagem apresentava listras horizontais e estava totalmente distorcida.



Eu medi as tensões nos soquetes de todos os CIs e descobri que a memória mais à direita (IC37) não estava recebendo os + V (8,5Volts). Também pudera, pois este soquete estava com a aparência muito estranha.


 Trocado o soquete e reinstalada a memória, liguei novamente o micro e para minha surpresa o cursor K apareceu lá,  perfeitinho!




A segunda etapa do reparo foi o reparo do teclado, que já houvera sofrido uma reforma, pois o acetato estava cortado e os encaixes que ficam normalmente na placa haviam sido soldados a 'flat cables', mas não gostei do aspecto das soldas. Quando retirei as fitas, algumas das soldas se soltaram, o que era um bom sinal, pois essa peça não deve ter sofrido sobreaquecimento quando o serviço foi feito.




 

Eu refiz então os 2 flats, e usei uns conectores SIP 90 graus em vez dos conectores IDC que estavam instalados originalmente.



A membrana das linhas de dados (a de 5 pinos) exigiu mais cuidados, pois estava rachada bem próximo da base. Isso exigiu que o conector fosse limado para poder encaixar sem fazer muita força. O conector que encaixa na membrana também deu um pouco de trabalho, pois um dos pinos estava bem frouxo. Tive que desencaixar o pino para desempena-lo, o que causou a quebra do terminal, porém consegui soldar o flat assim mesmo.











Cabo refeito, hora de ligar o micro e testar. Mas cadê o cursor? Sumiu!. Estava fácil demais, deveria ter desconfiado....

Com o osciloscópio eu chequei que os pulsos de sincronismo nos pinos 2 e 3 de IC20 (LS86)estavam presentes. Mas o sinal de video, que vem do pino 7 do LS165 estava sempre em nível alto. Chequei então os sinais de LOAD e CLOCK que chegam aos pinos 1 e 2 de IC9 (LS165). Os sinais estavam presentes, porém não havia nada no pino 7 do LS165. Pensei que IC9 estava queimado e o substituí por um HC165, aproveitando para colocar um soquete. Mas quando liguei a tela ainda estava branca.


Suspeitei que a amplitude do sinal de clock estava meio baixa (2,6V de pico) e por isso retirei e medi o capacitor C2, que traz o sinal de clock dos circuitos do oscilador ao LS165, mas este estava OK.

Reinstalei o capacitor C2 também o CI orginal (LS165). Assim que o micro inicializou ele mostrou o cursor K. Ainda não entendi qual foi o defeito, se foi um mau contato, ou algo assim, mas o micro está funcionando corretamente agora.





Com o micro funcionando, testei o teclado e para minha felicidade, todas as teclas estão funcionando!!



Mais um TK 85 pra coleção!

Nenhum comentário: